Coronavírus pode causar surdez, afirma estudo britânico

01/12/2020 - Saúde auditiva

Pesquisadores de todo o mundo ainda tentam entender os efeitos colaterais causados pelo novo coronavírus, doença que apresenta mutações e comportamentos variados. Estudo científico publicada recentemente pela revista científica BMJ Case Reports, do Reino Unido, relacionou a Covid-19 à surdez permanente. No entanto, os pesquisadores apontam que esta é uma condição rara e que afeta uma parcela muito pequena das pessoas que contraem a doença. Além disso, o estudo ainda será aprofundado.

A pesquisa foi baseada a partir de um caso observado no Reino Unido. Um paciente britânico de 45 anos estava internado em tratamento da doença quando relatou perda auditiva repentina. Ele foi encaminhado para o departamento de ouvido, nariz e garganta e teve o tubo respiratório removido. Depois disso, passou a se queixar de zumbido no ouvido esquerdo. E, em seguida, teve perda auditiva súbita.

Os médicos agiram rapidamente e conseguiram reverter o quadro. O tratamento consistiu em medicamentos a base de esteroides e injeções. Após receber a medicação, o paciente teve a sua audição recuperada de forma parcial. “Este é o primeiro caso relatado de perda auditiva neurossensorial após infecção por Covid-19 no Reino Unido. Dada a presença generalizada do vírus na população e a morbidade significativa da perda auditiva, é importante investigar isso mais a fundo”, afirma um dos pesquisadores responsáveis pelo estudo.

Diante dos resultados, os pesquisadores vão se debruçar para entender se há, de fato, correlação entre o novo coronavírus e a surdez permanente ou temporária. Com mais de cinco milhões de casos de Covid-19 confirmado no Brasil, o país ainda não tem casos de perda auditiva relacionados ao novo coronavírus.

Pesquisa aponta prejuízos à saúde auditiva

A infecção causada pela Covid-19, mesmo assintomática, pode prejudicar as funções das células ciliadas da cóclea. Foi o que apontou estudo realizada pelo Departamento de Otorrinolaringologia da Universidade de South Valley, do Egito. As células ciliadas têm a função de converter as ondas sonoras mecânicas em impulsos elétricos, que são transmitidos ao cérebro pelo nervo auditivo. A pesquisa foi publicada pelo National Center for Biotechnology Information (NCBI), dos Estados Unidos. 

Para chegar à essa conclusão, os pesquisadores avaliaram por duas semanas 20 casos confirmados para Covid-19, mas que não apresentavam nenhum dos sintomas da doença. O grupo de controle foi composto por outros 20 indivíduos com audição normal e sem histórico de causa conhecida de perda auditiva. Para evitar possíveis alterações auditivas relacionadas à idade, todos os participantes tinham entre 20 e 50 anos.

Os pesquisadores excluíram do estudo pessoas com sintomas de Covid-19 e pacientes com histórico de perda auditiva. A amplitude das emissões otoacústica evocadas transitórias (EOAET) foi medida para todos os participantes. Ou seja, o estímulo sonoro utilizado pelos cientistas foi igual para os dois grupos. O estudo indicou danos às células ciliadas ao grupo de pessoas que tiveram Covid-19.

Cuide da sua saúde auditiva!

Embora os pesquisadores ainda estejam estudando os efeitos do coronavírus na audição, é fundamental manter a sua saúde auditiva em dia. Fique atento aos sinais de perda auditiva e faça uma avaliação auditiva com frequência. Quanto mais precoce a deficiência auditiva for identificada, mais eficaz será o processo de reabilitação auditiva.

A ParaOuvir Aparelhos Auditivo oferece aos pacientes um atendimento exclusivo e personalizado. Nossa equipe de fonoaudiólogos está pronta para lhe atender e proporcionar a melhor experiência auditiva possível, com conforto e preço justo. Além disso, somos representante exclusiva no Distrito Federal da Phonak, líder em soluções auditivas.

Agende uma visita a uma de nossas unidades em Brasília e mantenha a sua audição em dia. São cinco endereços: Pátio Brasil Shopping (Setor Comercial Sul), Edifício Via Brasil (Asa Sul), Centro Comercial Gilberto Salomão (Lago Sul), Hospital Anchieta (Taguatinga) e no Edifício Med Center (Asa Norte). Encontre a unidade mais próxima e sinta os benefícios de ouvir os sons da vida!

Leia também: Por que perdemos a audição à medida que envelhecemos?

Postagens recentes

Aparelhos auditivos

Procura por aparelhos auditivos cresce 61% no primeiro semestre

Depois de registrar queda no ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus, a procura por aparelhos auditiv…

Saiba mais

Aparelhos auditivos

Qual a frequência ideal para a revisão do aparelho auditivo?

O aparelho auditivo é um equipamento formado por componentes eletrônicos de última geração. O dispositivo tem u…

Saiba mais

Saúde auditiva

Mais de 75% das pessoas que sofrem de zumbido não recebem tratamento

O zumbido no ouvido afeta milhares de pessoas de todas as idades. O problema é que a maioria absoluta das pessoas q…

Saiba mais
Voltar ao Blog

Nossas unidades Encontre a unidade mais próxima de você

Nossas unidades Encontre a unidade mais próxima de você

Asa Sul

SEP/Sul 710/910,Ed. Via Brasil, Lojas 42/44/46,
(61) 3443-1042. (61) 9 9928-8484

Lago Sul

Gilberto Salomão, QI 05, Bloco B – Loja 16
(61) 3248-1395 (61) 9 9809-8484

Taguatinga

ST C Norte AE 09 – Módulo B, Loja 07 – Centro Médico, Hospitalar Anchieta
(61) 3562-4313 (61) 9 9989-9911

Pátio Brasil

Setor Comercial Sul, Torre, Bloco A, 7º andar, Sala 701/703
(61) 3224-7075 (61) 9 9860-8484

Asa Norte

Ed. Med Center BLM Loja 40

(61) 3772-2600 (61) 9 8218-7170

Unidade Vitrium

Centro Médico Vitrium Setor de Grandes Áreas Sul 613/614 L2 Sul, S 05, ao lado do complexo do Hospital Sírio Libanês

(61) 3346-8725 | (61) 99970-3547

Entre em contato Fale conosco!