Osteoporose pode acelerar a perda auditiva, diz estudo dos EUA

01/06/2021 - Saúde auditiva

A osteoporose é caracterizada por uma doença na qual os ossos se tornam fracos e quebradiços, aumentando o risco de fraturas. A doença afeta principalmente as mulheres que estão na fase pós-menopausa e pode ter relação com a perda auditiva. Pesquisadores do Brigham and Women's Hospital, dos Estados Unidos, descobriram que o risco de perda auditiva foi até 40% maior nos participantes do estudo com osteoporose.

O estudo analisou dados de quase 144 mil mulheres, que foram acompanhadas por até 34 anos. Os pesquisadores concluíram que o risco de perda auditiva era maior em mulheres com osteoporose. Outro dado curioso é que a incidência de fratura vertebral estava associada a um risco até 40% maior de perda auditiva. No entanto, o mesmo não acontecia com as fraturas de quadril, as duas fraturas mais comuns relacionadas à osteoporose.

“As diferentes descobertas entre esses locais do esqueleto podem refletir diferenças na composição e metabolismo dos ossos da coluna e do quadril. Essas descobertas podem fornecer uma nova visão sobre as mudanças no osso que circunda o ouvido médio e interno que podem contribuir para a perda auditiva”, explicou o líder do estudo, Sharon Curhan

Segundo os pesquisadores, as causas para a osteoporose contribuir para a perda auditiva relacionada ao envelhecimento ainda são desconhecidas. Entretanto, os especialistas sugerem que a remodelação óssea anormal e as mudanças nas vias envolvidas na manutenção da homeostase óssea podem influenciar a integridade do osso que protege os nervos e estruturas envolvido na audição ou alteração e metabolismo de fluidos na cóclea, a principal estrutura envolvida na audição.

Envelhecimento é uma das principais causas de perda auditiva

Três em cada quatro casos de osteoporose ocorrem em mulheres a partir dos 45 anos. Não por coincidência, o envelhecimento natural do ser humano também é uma das principais causas de perda auditiva. Essa relação torna a osteoporose intimamente ligada à perda auditiva.

No caso da perda auditiva, geralmente a audição começa a piorar a partir dos 40 anos de idade. Isso acontece porque as células ciliadas - responsáveis por transformar os impulsos elétricos em sons – morrem e não se regeneram mais. Logo, a capacidade auditiva vai reduzindo à medida que essas células vão morrendo. No entanto, esse é um efeito gradativo e que piora com o passar dos anos.

Causas externas e genéticas podem acelerar a perda auditiva na terceira idade, chamada presbiacusia. Diabetes, pressão alta, tabagismo e uso excessivo de álcool são alguns dos fatores específicos que contribuem para a dificuldade auditiva. Dados da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia apontam que as pessoas demoram cerca de sete anos para procurar um especialista após perceberem algum dano à audição. Outros dois anos para escolher um tratamento. O problema é que essa demora pode levar à surdez definitiva.

Mantenha a audição em dia!

Por isso é fundamental ficar atento aos sinais e procurar um especialista assim que perceber dificuldades de ouvir os sons. Se a perda auditiva for diagnosticada, o uso do aparelho auditivo é o tratamento mais indicado na maioria dos casos. O dispositivo devolve ao idoso a capacidade de escutar os sons com clareza, mesmo em ambientes barulhentos, e traz de volta a autoestima e qualidade de vida.

Com quase 15 anos de experiência, a ParaOuvir Aparelhos Auditivos é referência em prevenção e reabilitação auditiva. Oferecemos aos pacientes um atendimento exclusivo e personalizado, com profissionais altamente qualificados. Além disso, contamos com estrutura completa e equipamentos de última geração. Tudo para proporcionar a melhor experiência auditiva possível.

Agende uma visita a uma de nossas unidades em Brasília e mantenha-se conectado com o mundo. A ParaOuvir está presente em seis endereços em Brasília (DF): Pátio Brasil Shopping (Setor Comercial Sul), Edifício Via Brasil (Asa Sul), Centro Comercial Gilberto Salomão (Lago Sul), Hospital Anchieta (Taguatinga), Edificio Med Center (Asa Norte) e Centro Médico Vitrium (Asa Sul).

Clique aqui e saiba mais sobre a saúde auditiva e aparelhos auditivo

Postagens recentes

Aparelhos auditivos

Procura por aparelhos auditivos cresce 61% no primeiro semestre

Depois de registrar queda no ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus, a procura por aparelhos auditiv…

Saiba mais

Aparelhos auditivos

Qual a frequência ideal para a revisão do aparelho auditivo?

O aparelho auditivo é um equipamento formado por componentes eletrônicos de última geração. O dispositivo tem u…

Saiba mais

Saúde auditiva

Mais de 75% das pessoas que sofrem de zumbido não recebem tratamento

O zumbido no ouvido afeta milhares de pessoas de todas as idades. O problema é que a maioria absoluta das pessoas q…

Saiba mais
Voltar ao Blog

Nossas unidades Encontre a unidade mais próxima de você

Nossas unidades Encontre a unidade mais próxima de você

Asa Sul

SEP/Sul 710/910,Ed. Via Brasil, Lojas 42/44/46,
(61) 3443-1042. (61) 9 9928-8484

Lago Sul

Gilberto Salomão, QI 05, Bloco B – Loja 16
(61) 3248-1395 (61) 9 9809-8484

Taguatinga

ST C Norte AE 09 – Módulo B, Loja 07 – Centro Médico, Hospitalar Anchieta
(61) 3562-4313 (61) 9 9989-9911

Pátio Brasil

Setor Comercial Sul, Torre, Bloco A, 7º andar, Sala 701/703
(61) 3224-7075 (61) 9 9860-8484

Asa Norte

Ed. Med Center BLM Loja 40

(61) 3772-2600 (61) 9 8218-7170

Unidade Vitrium

Centro Médico Vitrium Setor de Grandes Áreas Sul 613/614 L2 Sul, S 05, ao lado do complexo do Hospital Sírio Libanês

(61) 3346-8725 | (61) 99970-3547

Entre em contato Fale conosco!