"

Como identificar e tratar a perda auditiva na velhice

A expectativa de vida do brasileiro tem crescido nos últimos. Por outro lado, a idade avançada exige diversos cuidados com a saúde e a audição necessita de atenção redobrada. Ouvir é uma das experiências sensoriais mais importantes e uma audição perfeita é fundamental para boa saúde. Entretanto, estudos indicam que praticamente a metade da população acima dos 70 anos apresenta perdas auditivas significativas, mas que podem ser tratadas.

A perda auditiva na terceira idade está relacionada, na maioria dos casos, ao envelhecimento natural do ser humano. A hereditariedade e a exposição crônica a ruídos altos por um longo período também contribuem para a perda de audição entre os idosos.

Entre os principais sintomas de perda auditiva está a dificuldade de se comunicar pelo telefone, ouvir o som da televisão ou compreender as palavras numa simples conversa. Os sons da fala mais agudos também costumam ser de difícil compreensão para quem sofre de perda auditiva. Outros sintomas podem estar acompanhados como zumbido, vertigem e tonturas.

A recomendação é que o idoso procure o quanto antes um especialista e seja submetido a um exame de audiometria. Quanto mais precoce a surdez for identificada, menores serão os danos. Caso a perda auditiva seja considerada moderada ou grave, a recomendação é a utilização de aparelho auditivo, que devolve ao idoso a capacidade de escutar e traz de volta a autoestima e qualidade de vida.

Representante exclusivo da Phonak no Distrito Federal, a ParaOuvir Aparelhos Auditivos conta com uma grande variedade de aparelhos auditivos. A tecnologia dos aparelhos auditivos evoluiu de forma acelerada e atualmente estão disponíveis no mercado aparelhos pequenos e imperceptíveis, como por exemplo o Lyric, 100% invisível. Procure uma de nossas unidades em Brasília e faça um teste gratuito com um aparelho auditivo.

Share

Leave A Comment