"

Deficiência auditiva atrapalha aprendizado e afeta desempenho escolar

A dificuldade de aprendizado e o baixo desempenho escolar de crianças e adolescentes podem estar relacionado com a perda auditiva. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que cerca de 32 milhões de crianças no mundo possuem algum tipo de deficiência auditiva, sendo que 40% por problemas genéticos e 31% por infecções como sarampo, rubéola e meningite.

São comuns episódios nos quais a criança apresenta dificuldades na fase de alfabetização porque não ouvia com clareza a fala do professor. Em alguns casos a deficiência auditiva chega a ser confundida com déficit de atenção ou até desconcentração e desinteresse pelos estudos.

A deficiência auditiva pode trazer severas consequências no desenvolvimento de fala e linguagem, e como consequência afetar a autoestima da criança. Quanto mais cedo essa perda auditiva for diagnosticada, menores serão os danos de aprendizado e psicológicos. Por isso, é fundamental observar o comportamento dentro da sala de aula e procurar um especialista aos primeiros sintomas ou queixa da criança.

Um exame de audiometria identifica se a criança apresenta algum tipo de deficiência na audição. Se houver, pode ser de grau leve, moderado ou severo, bilateral ou unilateral. Na maioria dos casos o uso de aparelho auditivo fará a criança levar uma vida totalmente normal. Entretanto, é importante ressaltar o papel da escola, que deve trabalhar para integrar o aluno às atividades em sala de aula e entender suas necessidades.

Representante exclusivo da Phonak no Distrito Federal, a ParaOuvir oferece uma grande variedade de aparelhos auditivos de última geração, que se adequam às necessidades de cada criança e o grau de deficiência. Visite uma de nossas unidades em Brasília e faça um teste gratuito!

Share

Leave A Comment