"

O que é a surdez súbita? Entenda as causas e sintomas

A maioria dos casos de perda auditiva ocorre de maneira gradativa e evolui com o passar do tempo. No entanto, pessoas com a audição saudável podem ir dormir ouvindo perfeitamente e acordar sem escutar. O distúrbio é conhecido como surdez súbita, perda brusca da audição, definitiva ou temporária, que afeta um ou os dois ouvidos e atinge pessoas de todas as idades. Entenda neste artigo como identificar e tratar a surdez súbita.

As causas podem ser variadas e em muitas situações não conseguem ser identificadas pelos especialistas. Entre os principais motivos para o aparecimento do distúrbio estão doenças virais, como caxumba sarampo ou catapora, infecções bacterianas, traumas no ouvido causados pelo uso incorreto de cotonete e uso de remédios anti-inflamatórios ou antibióticos.

Procure um especialista imediatamente

Além da redução da capacidade de audição, outros sintomas da surdez súbita são zumbidos, vertigens ou a sensação de pressão no ouvido, como se estivesse tampado. É fundamental procurar um otorrinolaringologista imediatamente após sentir esses sintomas. Quanto mais rápido for realizado o atendimento médico, maiores serão as chances de reverter o problema.

O diagnóstico é feito através de exames clínicos e audiometria. A surdez súbita é confirmada quando for identificada a perda de pelo menos 30 decibéis (dB) em três ou mais frequências testadas em um ouvido. Após 6 meses do episódio inicial da surdez, dificilmente haverá alguma melhora. Pessoas que já têm perda auditiva também podem ter uma piora repentina na audição, e o critério para ser considerada súbita é o mesmo – piora de mais de 30 dB nos limiares.

Aparelhos auditivos devolvem a capacidade de ouvir 

Nos casos em que perda auditiva não pode ser melhorada ou revertida, o uso de aparelhos auditivos ou implantes cocleares podem devolver ao paciente a capacidade de ouvir os sons com clareza. Atualmente os aparelhos auditivos são modernos, pequenos e praticamente imperceptíveis, e permitem aos pacientes levar uma vida normal, com autonomia e independência.

Os aparelhos auditivos podem ser considerados “microcomputadores” e oferecem uma série de funcionalidades, como atender ligações telefônicas ou se conectar à televisão. A função básica, entretanto, é amplificar as ondas sonoras para que uma pessoa com perda de audição possa ouvir os sons no ambiente a seu redor. Alguns aparelhos contam com o sistema AI (inteligência artificial), que identifica e faz automaticamente todos os ajustes que os pacientes necessitam.

Principais causas da surdez súbita:

– Doenças virais, como caxumba, sarampo ou catapora;

– Pancadas na cabeça, mesmo que não afetem diretamente o ouvido;

– Uso de remédios anti-inflamatórios ou antibióticos;

– Doença autoimune, como HIV ou lúpus;

– Problemas do ouvido interno, como doença de Ménière

– Traumas no ouvido causados pelo uso incorreto de cotonete ou música alta  

Leia mais: Perda auditiva não tratada traz riscos à saúde

Share

Leave A Comment