Uso incorreto de fone de ouvido pode causar perda auditiva

Acessório comum no dia a dia, principalmente entre os jovens, o fone de ouvido pode colocar em risco a saúde auditiva caso seja utilizado de forma incorreta e causar danos irreversíveis à audição. De acordo com estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1 bilhão de pessoas estão propensas a desenvolver deficiência auditiva por escutarem música em alto volume.

A orientação de especialistas é que o volume da música com fone de ouvido não ultrapasse 80% da capacidade do aparelho. Ou seja, jamais deve-se ouvir no volume máximo. Outra recomendação é que o volume não deve ser tão alto ao ponto de o usuário não conseguir escutar os sons à sua volta. Além disso, é indicado uma pausa no fone de ouvido após o uso prolongado. O modelo do acessório também influencia nos danos. A sugestão são os fones externos, que são menos invasivos.

Alguns dos sintomas que podem aparecer para quem já teve a audição afetada são o zumbido (barulho constante no ouvido semelhante a um apito ou cachoeira), pressão nos ouvidos, dificuldade para compreender as palavras, falta de concentração e irritabilidade. Ao notar esses sintomas, a recomendação é buscar um especialista e, se necessário, iniciar a reabilitação auditiva. Se a perda for significativa, o uso do aparelho auditivo é o tratamento mais indicado.

A ParaOuvir Aparelhos Auditivos é referência na prevenção e reabilitação auditiva há mais de 10 anos. A empresa trabalha com produtos, acessórios e equipamentos de alta qualidade, acompanhado a um atendimento com fonoaudiólogos capacitados e que passam por constantes atualizações.

Na ParaOuvir os pacientes encontram uma grande variedade de aparelhos auditivos, ideais para cada pessoa e grau de deficiência. Atualmente os aparelhos auditivos são discretos, pequenos e muitas vezes imperceptíveis, o que facilita seu uso e aceitação.

Share

Leave A Comment